No menu items!
12.3 C
Vila Nova de Gaia
Sexta-feira - 1 Março 2024

A reta final do governo com o wookismo a alta velocidade

Destaques

O lugar que já foi ocupado pelos “três mosqueteiros”; Pedro Nuno Santos, Duarte Cordeiro e Pedro Delgado Alves e que se sucederem uns aos outros, de forma quase monárquica, é agora ocupado por um jovem que se dá pelo nome de Miguel Costa Matos e que acha que a maior preocupação atual dos jovens em Portugal é a legalização das drogas leves ou melhor da planta cannabis…

Bem sei que é tradição das juventudes partidárias terem posições políticas mais arrojadas do que é normal mas o que é certo é que infelizmente assistimos a uma corrosão da classe política em que quem provoca mais “estrondo” é quem tem mais “tempo de antena” e parece que o estilo “Ventura” também se está alastra a alastrar à esquerda.

Numa reta final deste governo, assistimos ao apelo da juventude socialista a este género de causas que se juntam a outras como foi a recente aprovação da utilização de nomes neutros para pessoas que se intitulam de “não binárias” ou de “não binários” ou melhor de “não binaries”…

O presidente da república disse que ia estar atento à fase final deste governo…seria bom…pois as medidas wook e outras mais radicais estão a avançar a velocidade de cruzeiro pelos socialistas progressistas e que dão uma amostra da “guarda pretoriana” de Pedro Nuno Santos que legisla a favor destas causas como já provaram no passado com eficácia Maria Antónia Almeida Santos e Isabel Moreira, a propósito de outras causas como a eutanásia…

A mudança da bandeira nacional no logótipo do governo já foi um sinal que deu um alerta e se juntarmos a esta conjuntura, as declarações de Mariana Mortágua de um possível acordo de governação com o PS, podemos calcular que a agenda wookista que aí vem se o PS for governo, irá ser a mais radical e progressista de sempre.

O que me preocupa nesta conjuntura de campanha eleitoral em que moderados e extremados tentam fingir o que não são…é que os moderados ficarão mesmo perdidos perante o avançar de uma agenda escondida da extrema esquerda e da extrema direita mas que já existe no horizonte dos dois maiores partidos portugueses…e o que aí vem não augura nada de bom…

Esperemos mesmo que não…a bem do país…

Paulo Freitas do Amaral

Professor de História

Membro da comissão instaladora do partido “Nova Direita”

Os artigos de Opinião são da inteira responsabilidade do autor que os produz. O Jornal Comunidades Lusófonas não interfere. A Diretora.

Paulo Freitas do Amaral
Ver Também

EXCLUSIVO: Bem-Vindos ao Mundo das Novas Tecnologias: A Nanotecnologia é um mundo onde ainda há muito por descobrir

Eng. António Braz Costa, Diretor-Geral do CeNTI. Em entrevista ao CeNTI, Centro de Tecnologia e Inovação (CTI), o seu Diretor-Geral...