No menu items!
8.3 C
Vila Nova de Gaia
Sexta-feira - 1 Março 2024

Em setembro mais de 32 mil bolseiros receberam bolsa de estudo

Destaques

São mais 19 mil bolseiros pagos do que no mesmo mês do ano passado, o que representa um aumento de 154%. São 32.232 os estudantes do ensino superior que receberam bolsa de estudo em setembro, mais de um terço dos alunos que se espera que venham a beneficiar deste apoio durante o ano letivo 2023/2024.

No ano letivo passado, por esta altura apenas 12.716 alunos estavam a receber bolsa de estudo. A diferença é ainda maior face aos anos letivos 2021/2022 e 2020/2021, quando o número de bolsas pagas no fim de setembro era, respetivamente, de 4751 e 437.

Desde o início da legislatura, o “Governo já implementou diversas medidas de reforço de apoios sociais. Para além do alargamento do universo de estudantes bolseiros e do aumento dos montantes das respetivas bolsas e complementos, um dos eixos centrais das alterações foi a aceleração do processo de decisão de modo a dar mais cedo garantias aos estudantes que têm condições financeiras adequadas para frequentar o ensino superior.”

Este ano, a bolsa de estudo foi atribuída automaticamente a todos os estudantes que beneficiam de abono de família até ao 3.º escalão (o ano passado a atribuição foi feita apenas aos beneficiários do 1.º), e as decisões sobre bolsas de estudo foram antecipadas para a fase de colocação, tendo sido notificadas no mesmo dia da divulgação dos resultados da colocação.

A evolução do número de bolseiros deriva da aceleração do processo de análise, mas também da evolução do limiar de elegibilidade de 9.484, 27 € de rendimento per capita anuais para 11.049,89 € (correspondente a 23 IAS). Esta foi a segunda vez consecutiva que o limiar de elegibilidade subiu, o que conduziu a um acréscimo de bolsas de estudo e de requerimentos.

O prazo para as candidaturas a bolsas de estudo terminou no dia 30 de setembro. No entanto, pode ainda candidatar-se:

Fora destes prazos, pode ainda submeter a candidatura até 31 de maio de 2024, sendo que, nesse caso, o valor da bolsa de estudo a atribuir é proporcional ao valor calculado para um ano, em função da data do requerimento.

Ver Também

EXCLUSIVO: Uma visita à Livraria Lello é um regresso ao passado

Teve o seu início no século XIX, mas foi em 1906 que abriu portas na Rua das Carmelitas no...