No menu items!
16.6 C
Vila Nova de Gaia
Sexta-feira - 19 Abril 2024

Matos Barbosa: Encontro com o autor traz o cineasta à Oficina das Artes

Destaques

No próximo sábado, dia 17 de fevereiro, pelas 16 horas, o auditório da Oficina de Artes, na Murtosa, será o palco de mais um “Encontro com o Autor”, com o cineasta Manuel Matos Barbosa. O moderador vai ser António Costa Valente, docente da Universidade de Aveiro e diretor do Cine-Clube de Avanca.

Matos Barbosa

Manuel Matos Barbosa é o decano do Cinema de Animação Português. Nasceu em Oliveira de Azeméis em 1935, desde cedo se fascinou pelo mundo do cinema, quando ainda criança acompanhava uma vizinha às sessões nas salas de cinema locais.

“A Torreira é o seu espaço de veraneio e a ria a sua paixão.”

Cineclubista, fez parte do grupo que deu início ao movimento criativo da atual FPCA (Federação Portuguesa do Cinema e do Audiovisual), de cujos órgãos de gestão também fez parte.

Foi membro do júri em vários festivais nacionais e internacionais. Em 1984 e 2005 foi presidente do Júri do CINANIMA, onde já foi homenageado.

Com uma extensa filmografia (que inclui animação e documentários), os seus filmes foram premiados na Alemanha, Andorra, Angola, Áustria, Bósnia e Herzegovina, Brasil, Bélgica, Eslovénia, Espanha, EUA, França, Grécia, Índia, Itália, Japão, Moçambique, Portugal, Rodésia, Singapura e Taiwan.

É autor de “Vamos Andando”, um dos mais significativos documentários do cinema português. Com veia de Designer, é autor de uma significativa obra de ilustração e banda desenhada.

E 2008 retoma a produção cinematográfica para produzir, com o apoio do ICA/Ministério da Cultura e da RTP, uma curta-metragem de animação baseada em textos de Raúl Brandão e com a voz de Joaquim de Almeida. Em 2022 termina o filme “O Antiquário”, com a voz de Ruy de Carvalho.

Encontro com o Autor

A Casa das Gerações – Biblioteca Municipal da Murtosa organiza, ciclicamente, o “Encontro com o Autor”, que visa aproximar o público dos autores e criadores, das mais variadas áreas artísticas, da escrita à música, passando pelas artes plásticas, cinema ou teatro, através de sessões de conversa e partilha, onde a proximidade e a informalidade são a tónica dominante.

Ver Também

EXCLUSIVO: O Mundo das grandes Indústrias Farmacêuticas

Fomos ao mundo das grandes empresas farmacêuticas a nível mundial e o destino levou-nos a Basileia, na Suíça, onde...