No menu items!
12.3 C
Vila Nova de Gaia
Sexta-feira - 1 Março 2024

Pessoas com deficiência (PcD), marcam a diferença no desporto

Destaques

A Federação Portuguesa de Desporto para pessoas com Deficiência (FPDD), concedeu entrevista ao Jornal Comunidades, para dar ao conhecimento do público em geral o propósito e quando foi fundada a Federação, bem como quantos profissionais fazem parte da Associação. Seguramente vamos ficar surpreendidos com a informação partilhada.

A FPDD existe desde 1988, tendo como maior desafio conseguir fomentar a prática desportiva e de atividade física junto das Pessoas com Deficiência (PcD). “Temos desafios ao nível da captação de atletas e de conseguir os meios para lhes proporcionar as melhores condições de prática desportiva, na preparação e na participação em competições desportivas, sejam de âmbito nacional ou internacional”. É ainda um desafio, a sensibilização da comunidade para o direito à prática desportiva das PcD e à inclusão destas nos vários vetores do Sistema Desportivo, sendo necessário sensibilizar e formar os agentes desportivos.

Têm perto de 3000 atletas federados, através “das nossas associadas”, as Associações Nacionais de Desporto por área de Deficiência (ANDDs), com a maior incidência nas modalidades para atletas com Deficiência Intelectual, onde reside o maior número de praticantes. Em outras áreas de deficiência, destacamos o Boccia, para atletas com Paralisia Cerebral e Deficiências Neuromotoras; o Goalball, para atletas Cegos; o Futsal, para atletas Surdos; o Rugby em Cadeira de Rodas, para atletas com Deficiência Motora

A FPDD é uma federação multidesportiva e tem no seu plano de atividades 28 modalidades (https://fpdd.org/modalidades-fpdd/ ). Em termos internacionais, das modalidade atualmente sob a égide da FPDD, destacamos a modalidade de Boccia, onde é habitual sermos medalhados nas competições internacionais e em termos históricos de Jogos Paralímpicos é a segunda modalidade mais medalhada, com 26 medalhas paralímpicas (ficando apenas atrás das 54 medalhas do atletismo que atualmente já está sob a égide da FPA), temos tido também bastante sucesso nas modalidades coletivas da Deficiência Intelectual onde recentemente fomos Campeões do Mundo de Futsal e Vice-Campeão de Basquetebol e Andebol.
Se falarmos exclusivamente em paralímpismo e atletas paralímpicos, atualmente o enquadramento é feito pelo Comité Paralímpico de Portugal, em coordenação com as várias Federações, onde se inclui a FPDD. Os apoios aos atletas paralímpicos estão regulamentados pelo Contrato Programa celebrado entre o Estado (através do Instituto Português do Desporto e Juventude e do Instituto Nacional para a Reabilitação) com o Comité Paralímpico de Portugal, que por sua vez estabelece contratos com as Federações, Atletas e Treinadores integrados no Programa de Preparação Paralímpica.
Tanto a FPDD como as suas associadas realizam projetos e ações de sensibilização e de captação de atletas, nos mais diversos contextos: escolas, associações, centros de reabilitação,(…) Por vezes somos contactados por pessoas que querem praticar desporto, fazendo o encaminhamento para o clube ou associação mais adequado aos intentos e características. Atualmente há mais homens a praticar desporto com 73% do que mulheres.

Ver Também

EXCLUSIVO: Bem-Vindos ao Mundo das Novas Tecnologias: A Nanotecnologia é um mundo onde ainda há muito por descobrir

Eng. António Braz Costa, Diretor-Geral do CeNTI. Em entrevista ao CeNTI, Centro de Tecnologia e Inovação (CTI), o seu Diretor-Geral...