No menu items!
11.8 C
Vila Nova de Gaia
Sábado - 2 Março 2024

“Rentes de Carvalho é a Personalidade do Norte 2023”

Destaques

Hoje, dia 24 de novembro, o escritor de ascendência transmontana, recebe o prémio “Personalidade do Norte”, atribuído pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do NORTE (CCDR-NORTE, I.P.). Filho de pais transmontanos, oriundos da aldeia de Estevais, em Mogadouro, e neto de um avô sapateiro e de um avô guarda fiscal em Vila Nova de Gaia, José Rentes de Carvalho nasceu a 15 de maio de 1930, em Vila Nova de Gaia.

O arquiteto Álvaro Siza Vieira, recebeu a distinção em 2021, e à pintora Graça Morais, em 2022, a Personalidade do Norte. Em 2023, é atribuída ao escritor nortenho José Rentes de Carvalho. O prémio será entregue hoje pelas mãos do Presidente da CCDR-NORTE, I.P., António M. Cunha, durante o “Fórum Competitividade Regional e Pós 2030: o Norte na União Europeia”, que decorre na Fábrica de Santo Thyrso, na cidade de Santo Tirso. A celebração conta com a presença de Elisa Ferreira, Comissária Europeia para a Coesão e Reformas.

“O galardão “Personalidade do Norte 2023” consiste numa peça escultória da autoria de Cristina Massena, arquiteta da Escola do Porto, que foi produzida pelo Done Lab da Universidade do Minho e da BOSCH, em Guimarães, com recurso a tecnologia de manufatura aditiva avançada.”

Embora confesse que tenha “começado tarde demais a receber prémios”, o que faz com a sua “capacidade de agradecer seja modesta”, José Rentes de Carvalho diz-se “muito honrado, contente e feliz pela atribuição do prémio”.

Frequentou o Liceu Alexandre Herculano, no Porto, e prosseguiu os estudos em Viana do Castelo e Vila Real. Foi na Faculdade de Letras e na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa que traçou o seu percurso académico, estudando Línguas Românicas e Direito.

Por motivos políticos durante a ditadura do Estado Novo, foi obrigado a abandonar o país. Viveu primeiro no Brasil, onde trabalhou como jornalista em vários jornais, nas cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo, e posteriormente em Nova Iorque e Paris.

Em 1956, José Rentes de Carvalho foi viver em Amesterdão, onde trabalha na embaixada brasileira e licencia-se na Universidade de Amesterdão. Na Holanda, entre 1964 e 1988, foi professor universitário de Literatura Portuguesa. Desde essa data, dedica-se exclusivamente à escrita e à colaboração em jornais e revistas literárias.

“A sua extensa obra, dedicada à ficção, ensaio, crónica e diário, tem sido publicada em Portugal e na Holanda e recebida com profundo reconhecimento pela crítica e pelos leitores, tendo alguns títulos alcançado o estatuto de best-seller.”

Em 201, recebeu o Grande Prémio de Literatura Biográfica APE, pelo livro Tempo Contado, e, em 2013, com o Grande Prémio de Crónica APE, com o livro Mazagran. Atualmente, os seus livros são publicados pela editora Quetzal. José Rentes de Carvalho divide o seu tempo entre Amesterdão, na Holanda, e Estevais, em Mogadouro – metade do ano em cada lugar.

Ver Também

Solidariedade e empreendedorismo: as marcas do percurso de Casimiro Gaspar na Flórida

A comunidade lusa nos Estados Unidos da América (EUA), cuja presença no território se adensou entre o primeiro quartel...