No menu items!
12.3 C
Vila Nova de Gaia
Sexta-feira - 1 Março 2024

República Dominicana pretende candidatar-se ao estatuto de observador associado da CPLP

Destaques

A CPLP tem-se aprofundado desde a sua criação em 1996, já conta com 32 observadores associados, e a República Dominicana pretende candidatar-se como observador associado, com vista a reforçar mais os laços com os PALOP.

“O Secretário Executivo recebeu, com muito agrado, a notícia de que a República Dominicana pretende candidatar-se ao estatuto de observador associado”, como lhe foi pessoalmente transmitido pelo Vice-ministro para Monitorização e Coordenação Governamental da República Dominicana, José Ramón Holguín, durante uma reunião realizada no Palácio da Presidência, em Santo Domingo.

A candidatura da República Dominicana “permitirá que trabalhemos juntos no sentido de aprofundar a concertação político-diplomática, a cooperação nos mais diversos setores importantes para o desenvolvimento e crescimento económico, ao mesmo tempo que abre caminho à promoção da Língua Portuguesa”.

O estatuto de observador associado significa uma parceria privilegiada de cooperação entre a CPLP e o Estado ou a Organização Internacional que o detém, com o objetivo de reforçar as relações entre ambas as partes, prevendo, para o efeito, a implementação de iniciativas conjuntas, incluindo o cofinanciamento de projetos e atividades de cooperação nos mais diversos campos de ação da CPLP.

“A CPLP conta atualmente com 32 observadores associados, 28 países, espalhados pela América do Norte, América do Sul, África, Europa e Ásia, e quatro organizações internacionais”. Termina assim o Secretário Executivo da CPLP, Zacarias da Costa.

Ver Também

EXCLUSIVO: Bem-Vindos ao Mundo das Novas Tecnologias: A Nanotecnologia é um mundo onde ainda há muito por descobrir

Eng. António Braz Costa, Diretor-Geral do CeNTI. Em entrevista ao CeNTI, Centro de Tecnologia e Inovação (CTI), o seu Diretor-Geral...