No menu items!
17.8 C
Vila Nova de Gaia
Sexta-feira - 19 Abril 2024

“Vinhos a Descobrir” no Porto: As Águas de Carvalhelhos ajudam a limpar o palato

Destaques

A Centenária marca de Trás-os-Montes estará presente no evento dinamizado por 50 produtores de quase todas as regiões vitivinícolas nacionais e onde estarão mais de 400 referências em prova. “Se uma boa água é essencial para uma igualmente boa experiência vínica, não haverá qualquer razão para que uma visita à Spring Edition do “Vinhos a Descobrir”, no Porto nos próximos dias 6 e 7 (sábado e domingo), não corra de feição. Isto porque marca presença aquela que é uma das águas de referência do setor: a Carvalhelhos.”

O festival vínico ocupa um dos edifícios mais icónicos da “cidade Invicta”, a Alfândega, num cenário perfeito para conhecer as referências mais emblemáticas – e premiadas – de uma cinquentena de pequenos e médios produtores portugueses, de quase todas as regiões vitivinícolas portuguesas. E onde estarão, também, representados outros seis países.

“Devido à sua neutralidade no palato e baixo nível de sódio, a água gaseificada da Carvalhelhos é perfeita para limpar o paladar em experiências vínicas e, também, em harmonizações que muitos criam para saborear momentos enogastronómicos”, destaca Arnaldo Riesenberger, diretor comercial para o mercado nacional da Água de Carvalhelhos.

A insígnia, recorde-se, disponibiliza para consumo água mineral natural e água mineral natural gaseificada. A primeira apresenta-se equilibrada na sua mineralização e com PH neutro (7), um dos seus grandes trunfos, exibindo na sua composição uma notável presença de silício, elemento indispensável nos processos de assimilação do cálcio nos ossos, assim como na produção de colagénio pelo nosso organismo.

No que diz respeito à variante gaseificada, destaca-se pelo seu baixo nível de sódio, em comparação com as congéneres no mercado português, constituindo-se como a melhor escolha dos consumidores que sofrem de hipertensão, bem como de outras patologias que tenham o sódio como um dos responsáveis. Trata-se de uma água especialmente indicada para auxiliar no processo digestivo.

Montra multifacetada do setor, o “Vinhos a Descobrir” receberá o lançamento oficial de novas marcas de pelo menos cinco produtores. Num momento que pequenos produtores da Síria, Líbano, Jordânia, África do Sul, França e Itália, aproveitarão igualmente para dar a conhecer as suas referências vínicas, no espaço “Fora do Ninho”.

Além de provas comentadas, o evento contará ainda com a prestação do wine painter Massimo Esposito, que promete surpreender na criação de aguarelas com vinho. Algumas das quais serão ofertadas sempre que as compras dos visitantes ultrapassem os 100 euros.

O “Vinhos a Descobrir” é igualmente um escaparate para as iguarias gourmet e regionais. E a pureza das Águas de Carvalhelhos estará no centro dos acontecimentos.

Sobre a Águas de Carvalhelhos:

“A marca Carvalhelhos está associada à localidade com o mesmo nome, situada no concelho de Boticas. Foi neste local que, em meados do séc. XIX, foram descobertas umas águas com propriedades medicinais por uma pastora, que nelas lavou as pernas em chagas, tendo a doença entrado em remissão até que ficou curada. A “Barrosã” permaneceu então para sempre ligada à imagem e logotipo da insígnia até hoje.

As notáveis curas das águas (bicarbonatadas sódicas) justificavam aproveitamento termal. O alvará de concessão de exploração foi concedido à empresa das “Caldas Santas de Carvalhelhos” em 1915. As águas ganharam fama com um fotógrafo do Porto, que documentou a sua própria recuperação. Passados 100 anos, as características medicinais da Água de Carvalhelhosmantêm-se inalteradas, demonstrando a qualidade e a nobreza dos seus aquíferos.”

Ver Também

EXCLUSIVO: O Mundo das grandes Indústrias Farmacêuticas

Fomos ao mundo das grandes empresas farmacêuticas a nível mundial e o destino levou-nos a Basileia, na Suíça, onde...